bE mY gUesT

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Zuka, a Vida é Bela

A vida é bela... Conheci a chef do Zuka, Ludmila Soeiro, na Cobal do Leblon.
Eu estava por lá comprando algumas iguarias na Delly Gil para um almoço de sabado, quando subitamente  adentra no recinto uma simpática e falante figura cheia de atitudes. Bem determinada, percebi que ela sabia muito bem o que queria e não estava ali para papo furado.
Segui discretamente procurando algum azeite ou coisa do gênero, mas no meu íntimo já sabia que Gil, o vendedor mais social da Cobal, não deixaria passar em branco essa oportunidade de fazer as honras... Logo já estaríamos, os três, trocando receitas e afins e filosofando sobre a arte de Antonin Carême, a música e a vida.
Pensei cá com os meus botões: puxa, tem um bom tempo que eu não vou ao Zuka...
Compras na Cobal a parte, a vida é bela.
Não é que alguns dias depois, numa degustação dos vinhos Villa Francioni, encontrei minha amiga Marina, proprietária do Zuka, com um belo sorriso acompanhado de um convite para degustar as maravilhas da chef Ludmila. A vida é bela, sim.
Me preparei. Fiz uma mini dieta durante o dia e partimos com tudo, eu e Camille Flottante.
Como diria a minha avó, fomos tratados a pão de ló.
Com as taças rapidamente preenchidas de um bom espumante já na chegada, eu e Camille beliscávamos os palitinhos de polvilho croc croc quando chega um caldinho de vitelo com jerez.. Essa chef é danada mesmo... Para nosso deleite, a própria em carne e osso, se senta à nossa mesa para saber o que gostaríamos de comer.. Ah, como eu gosto de um mimo.
Ela chegou falando do atum.. "O peixe está ótimo e eu faço semi-cru com uma crosta de ciboulette e um talharim de palmito pupunha".
O peixe estava realmente de primeira e o talharim, com um molho de raiz forte e leite, fazia todo o sentido no prato. Um pé no Japão com um toque contemporâneo... A Ludmila sabe das coisas.
Chardonay nas taças, aceitamos de bom grado a outra dica da chef: Polvo com vinagrete de parma e batatas sauté com salsa fresca. Um espetáculo.
Partimos para um tinto (apesar do calor no Rio de Janeiro...) porque o terceiro prato, também sugerido pela criadora demandava algum tanino expressivo na boca.
Uma bela carne com batatas rústicas e a grande sacada: Chantily com o sal no lugar do açúcar, pimenta rosa e um toque de trufas brancas... Ah, a vida é bela.
Me esbaldei.. Camille Flottante, que não é de comer muito a noite, parecia esquecer da hora.
Já nos preparávamos para o cafezinho quando um lindo (e enorme..) prato de vidro transparente, com varias sobremesas (brownie, sorvetes, morangos e otras cositas...), é elegantemente colocado sobre nossa mesa.
Nele escrito, numa linda caligrafia com "caneta de chocolate", a seguinte frase:
"A VIDA É BELA, DESFRUTE"
Foi o que fizemos, bien sur.
Merci beaucoup Marina e Ludmila! What a great night...

Zuka
rua Dias Ferreira 233 b, Leblon-Rio de janeiro
tel: 55(21)3205-7154

3 comentários:

  1. Adorei a sua forma de escrever *.*
    muito contagiante :D
    Você contando os detalhes da para a gente imaginar a cena e tudo mais.

    ResponderExcluir
  2. Ilmara,
    muito obrigado pelo carinho,
    apareça sempre por aqui,
    bjo
    Alain G.

    ResponderExcluir