bE mY gUesT

domingo, 15 de maio de 2011

Charging the Batteries... Na Campestre

Queridos leitores, já andava com muita saudade de voces.
Tenho estado um pouco afastado do blog por conta do meu nobre ofício: a música.
A música anda me solicitando bastante (graças a Deus!!) ultimamente. Novelas, filmes, shows e até um curso online de music composition for film and tv da Berklee College of Music. E, já que escolhi o piano como instrumento de trabalho, tenho que arranjar um tempo diario para praticar, caso contrário as teclas se revoltam e isso não é nada bom. É sério... "O piano, como qualquer outro instrumento, é ingrato... Se voce fica um dia sem tocar ele fica de mal com voce..." Palavras do meu primeiro mestre, o grande Homero de Magalhães.
Teclas brancas e pretas à parte, a vida não é só trabalho e se não der uma "desplugada" de vez em quando, a gente pifa. Mas, graças a Deus, tenho amigos queridos como o Miguel P. Machado, dono da linda Campestre, já conhecida aqui do blog ( suspiro fazenda campestre e pão da campestre ), que me convidou mais uma vez para esse paraíso. E lá fui eu... Nada como carregar as baterias entre fogões a lenha, lareiras, ampolas de vin rouges, vacas, cavalos, caminhadas e sauna com direito a mergulhos na agua limpida da piscina natural.
frida de bem com a vida
Dna Marly, talentosíssima chef de forno e fogão a lenha, como sempre nos mimando desde o café da manhã até a fantástica sopa de baroa da madrugada, passando por aipim frito (com queijo crocante...), suspiros, bolos diversos, pão de la maison, feijãozinho gourmet, legumes da horta (bio!!), gelatinas nos copinhos e até um boeuf bourguignon feito a quatro mãos com o chef aqui que vos escreve.
boeuf bourguignon
aipim frito com parmesão


Como diria Caetano Veloso... "paraíso é para isso..."

fim de tarde na campestre
                                                                                   

13 comentários:

  1. Alan, realmente ,este vale dos Tres Picos e um paraiso , boas lembranças tb vivi por la , me deu saudades, enfim invito vcs com madame ,para darmos um recarregada em Rio Bonito , adorei a musica e so de lembrar de um fogao a lenha aceso com este frizinho começando ,uuaaauuuuu.....

    ResponderExcluir
  2. Heloisa Tapajós16 de maio de 2011 15:07

    Uma delícia de texto, como sempre, Chef!

    ResponderExcluir
  3. Delicieux mon pére! Le boeuf dans la Campestre avec du bon vin rouge.C'est pas mal ça! bisous et felicitation toujours Gabriel de Carvalhô

    ResponderExcluir
  4. Já nem estava com fome mesmo kkkk
    agora vou sair correndo para comer :D

    ResponderExcluir
  5. obrigado pelo carinho. Chef Gabriel, Heloisa, Ilmara e Anônimo (ou Anônima...)
    bjs
    Alain G.

    ResponderExcluir
  6. Que delícia, Alain! Estava com saudade de ler sobre suas aventuras gastronômicas!

    Beijos,

    Alexia

    ResponderExcluir
  7. Alexia querida,
    saudade de vc.
    bjo
    Alain G.

    ResponderExcluir
  8. Realmente, muito privilégio a vida nos ter escolhido, acolhido, para viver, conviver com belezas e delícias! Este Blog é mais uma delas...
    Gostei muito de "passear" por aqui, Monsieur Alain!

    Beijos,

    Claudia Diniz

    ResponderExcluir
  9. querida Claudia,
    muito obrigado pelo carinho.
    apareça sempre por aqui,
    bjo
    Alain G.

    ResponderExcluir
  10. Realmente, nada melhor que uma fugidinha para um paraíso terrestre como Campestre.
    Adorei conhecer e saber das novidades.
    Angel

    ResponderExcluir
  11. Música é a mais transcendente das artes.
    Se ouço Mozart, minhas células vibram.
    E outros.
    Planejo ir ao Mosteiro São Bento escutar música Beneditina.
    Torço por você.

    ResponderExcluir
  12. e vero Neve di Marzo... Che Paradiso!!
    grazie mille
    bacioni
    Alain G

    ResponderExcluir